Reportagem: Em Évora há “vacas alegres” e o seu número não vai ser reduzido



Fonte da imagem: Daniel Rocha

Na Herdade Monte Trigo o número de cabeças de gado bovino não vai diminuir. Nem agora, nem a médio prazo. Pelos 1100 hectares de terra nos arredores de Évora espalham-se cerca de 2000 animais dedicados à produção de leite e à criação intensiva de vitelos de raça Angus, mas a quinta tem capacidade para nove mil e a instalação agendada para breve de uma unidade de engorda vai fazer subir ainda mais o número de vitelos ali criados.

É possível aumentar o número de bovinos e cumprir o Roteiro para a Neutralidade Carbónica 2050 (RNC2050) proposto pelo Governo? Os responsáveis pela unidade agrícola dizem que “sim”. Asseguram que já o fazem, “até acima” do que já lhes é exigido, e que o farão “cada vez melhor” no futuro.

Nas vacarias da Monte Trigo há cerca de 1600 animais, a maioria da raça Holstein Frísia (originária dos Países Baixos e Alemanha) para a produção de leite. Dali saem 10 milhões de litros por ano. Para a criação de vitelos da raça Aberdeen Angus (Irlanda) existem cerca de 400 bovinos, a maioria da raça Blonde d’Aquitaine (originária de França), que serão cruzadas com 10 reprodutores puros Angus. Cerca de 70% da alimentação de todos estes animais é também produzida na herdade alentejana.

Conheça a reportagem completa aqui


Fonte: Público ->  https://www.publico.pt/2019/03/09/economia/reportagem/evora-ha-vacas-alegres-numero-nao-vai-reduzido-1864679?fbclid=IwAR1x7dcSwb6xtBKqggeIi3wr4caHHfQP0fMa-wK57lSCwwRoQOlkFo71BNw#&gid=1&pid=1
Data de publicação: 2019-03-12 08:40:46

370 visualizações