Reacções do sector pecuário ao roteiro do Governo para a neutralidade carbónico em 2050 - actualizado



Fonte da imagem: autoctones.ruralbit

O roteiro do Governo para a neutralidade carbónica em 2050 preconiza mudanças profundas, como a redução da produção de bovinos entre 25 a 50% e o aumento da capacidade de sumidouro da floresta em quatro megatoneladas de dióxido de carbono. Para que o saldo líquido de emissões de CO2 passe das 60 megatoneladas em 2015 para zero em 2050, explica o ministro João Pedro Matos Fernandes. Governo leva plano à conferência de Katowice, na Polónia.” – Artigo completo aqui

Conheça as reacções do sector:

CAP

Confragi

APEZ

Governo dos Açores

CNA


Fonte: Público, Cap e Confragi
Data de publicação: 2018-12-07 10:00:00

539 visualizações